22 de fevereiro de 2011

Refletindo...

Boa tarde meninas, marido!

Hoje o post será um pouco diferente...Faz dias que eu tento escrever algo diferente da postagem padrão, mas sempre acontece alguma coisa que tira o foco e pronto, perdi...

Bom, vou falar de um assunto um pouco polémico na blogsfera light, eu sei que todas por aqui lutam pelo peso ideal, mas muitas vezes esquecemos dos princípios da vida...VIVER e ser FELIZ! Vejo inúmeros blogs sofrendo com ataques de anônimos que criticam, xingam e maltratam a auto-estima de várias meninas, isso nos faz mal sim, ser fora do padrão exigido pela sociedade não é fácil. Comprar roupa quando estamos acima do peso torna-se um martírio, nunca podemos escolher "o modelo" e sim aceitar o que tem na nossa numeração, dependendo do peso, se for bem gordinha acaba transformando-se em referência..."Perto daquela gordinha ali...", as pessoas criticam porque acham que comemos demais ou que somos sujas, desleixadas e etc...

Leiam muito bem "Não estou defendendo e apoiando a obesidade!"

Gostaria de deixar bem claro, não sou a favor da obesidade, mas venhamos e convenhamos...Hoje, no presente momento, eu sou uma pessoa de 1,65 m com 75 kg e considerada acima do peso, SOBREPESO para ser mais exata e só por conta disso tenho que anular minha vida?JAMAIS!
Eu, apesar de estar acima do peso, cuido da aparência, tenho um marido maravilhoso que repara e me motiva, independente das minhas decisões em relação ao peso, minha família e amigos são gordinhos e todos são felizes por serem pessoas resolvidas emocionalmente. Não posso chegar aqui ditando regras e falando por todas(os), então falo por mim...
A minha vontade de emagrecer está relacionada a saúde e não a estética, até porque eu não sou uma pirigueti que vai andar de short "meia lua" aparecendo a bunda e muito menos expor o piercing que tenho no umbigo junto com a tatuagem que tenho na cintura, essas artes e meu corpo eu tenho a pessoa certa para mostrar e essa pessoa admira independete de quantos quilos eu estou pesando.
A questão SAÚDE hoje fala mais alto, sou filha de pai enfartado 2 vezes e mãe com problemas de coração/gordura no fígado, avó diabética e irmão obeso. Não quero e não posso seguir o mesmo caminho, tenho que cuidar do corpo que me serve para trabalhar, amar e ser mulher todos os dias, o emagrecimento não é por vaidade e sim por puro cuidado e preocupação com a saúde.
Mas aí temos a questão Flávia Profissional/Dona-de-Casa/Esposa e a Flávia MULHER, digo a vocês, eu sou imensamente feliz pela vida que tenho, trabalho em uma empresa ótima que valoriza o funcionário, sou uma pessoa feliz pois tenho um marido maravilhoso, uma casa, tenho problemas e dúvidas, mas acim de tudo sou MULHER, GUERREIRA e FEMININA. Isso tudo mesmo acima do peso e agora pergunto: - Eu deveria deixar de ser por estar acima do peso? AHhh, jamais! Eu hoje consigo fazer tudo que quero mesmo acima do peso, vou ao banheiro, cozinho, caminho, faço sexo e trabalho...O excesso de peso que tenho não me maltrata impossibilitando alguma atividade, claro que existem pessoas gordinhas que tem dificuldades, eu por exemplo não tenho!
A realidade, do fundo do meu coração, eu sou gordinha e sei ser feliz...Sei viver e não estar sempre vivendo para o regime/dieta, eu tenho uma vida além disso tudo, eu tenho obrigações, contas, amores, flores e blá blá blá...rs*
Ultimamente eu tenho conseguido aceitar o emagrecimento como consequência de escolhas e tenho me sentido melhor a cada dia. É, eu sei que muita gente fica pensando que as gordinhas só escrevem coisas do tipo desse post quando estão engordando e isso é mentira, eu estou emagrecendo, mas cheguei a conclusão que mesmo acima do peso, EU  SOU MULHER, mereço me amar e me cuidar independente do peso que tenho! Foquei agora o emagrecimetno como questão de saúde e não para agradar o padrão escroto de beleza que a sociedade enfiou na cabeça das pessoas.
Eu sou totalmente a favor da saúde, não me venha falando que gordinhas não tem saúde e as magrelas tem, eiii pode parar, gordura e/ou magreza não estão diretamente relacionadas a saúde, ok? Eu estou acima do peso, emagrecendo e não tenho doença nenhuma!Chega de sofrer com preconceito tosco por falta de conhecimento.

Sorry, eu sou assim mesmo, bocuda e sincera!

Eu resolvi fazer esse post pois tenho me sentido incomodada com certas situação de pessoas querendo pesar 50 kg ou 40 kg...Para MEU, é escolha de cada um, mas vamos visar a saúde né?
Ai ai ai...desabafei!

Digo e deixo bem claro, não engordei!

E informo...

Após refletir e pensar realmente nos meus objetivos conclui que a minha meta não será 58 kg e sim 65 kg e durante o processo de emagrecimento, eu vou viver e ter calma!

Bom..é isso, quem gosto BEM e quem não gostou AMÉM! Eu sou humana e tenho minha opinião!

15 palpites:

Patinha Feia Nunca Mais disse...

Oi Flávia
Adorei o post, muito realista e direto. Com certeza vc colocou o que muitas tem vontade de dizer e não tem coragem.
Grande Beijo e Ótima Terça.

Marcela disse...

concordo e assino embaixo até pq eu sou gorda e não quis parar minha vida por isso, nao ando fora de moda, mando fazer roupa se possivel e me gosto, acho q saude e importantissimo.
e amarrar o tenis também hehehe, me lembrei agora quando eu pesava 104 kilos tinha dificuldade de amarrar os sapatos dai veio a decisao de emagrecer mesmo.. hehehe
bjus e amei o post

Vitória... disse...

Oiiiii? amei seu espaço.
Nós mulheres sempre queremos emagrecer + e +! Mais temos que viver e ser feliz com o que temos. um bju

Mi disse...

Se eu não estivesse lendo isso do meu trabalho, juro que bateria palmas agora mesmo!

AMEIIIIIII O SEU POST DE HOJE!

Eu também tenho visto muita neurose por aí. E até mesmo a minha própria neurose em relação ao meu peso (será que eu realmente quero 50? Estou começando a achar que 55 para 1,57 vai ficar ótimo!).

E uma coisa é fato: a partir do momento em que eu comecei a me sentir MULHER, e me sentir mais FEMININA, emagrecer foi ficando cada vez mais natural, saudável e gostoso. Jamais deixarei de fazer qualquer coisa só porque ainda não estou no peso que eu já nem sei se quero mais. ME AMO EM PRIMEIRO LUGAR e cuido da saúde, pois do resto a vida dá um jeito. E mulheres guerreiras que somos, sempre damos mesmo um jeito, né?

Estava sentindo falta de ler coisas assim na blosfera! Amei mesmo! E obrigada por compartilhar aqui!

Beijos!

amiga light disse...

Gostei de tudo que escreveu!!!!
e concordo com vc...
qdo emagreci bastante na época e entrei no consultorio do médico e ele se assustou pois estava MARAVIHOSA, magra e "CORADA"... e ainda me sentia gorda! pode??? tinha que pegar fotos pra comparar e ver realmente como estava Eu hoje!... estava com medo já de ficar anorexia...
Quero voltar aquele peso sem ficar anorexia!

bjs

Catia Sousa disse...

Oi FlahH, concordo com vc quando diz que temos mais é que viver, sermos felizes, acima do peso ou não! Eu também estou muito feliz e pela primeira vez na vida não me sinto escrava da comida ou da dieta! Isso não tem preço!
beijos.

Maria disse...

Concordo plenamente com voce, a mais pura vdd!!

Eu vou pelo espelho, no dia em que me olhar e ficar satisfeita, ai sim não me importo se o imc
ta certo ou não!!

Bjos e tenha uma ótima tarde!

Dida - Futura Ex-Gordinha disse...

Amiga, concordo plenamente com vc!
Hoje peso 91kg e estou muito acima do meu peso.
Meu objetivo é pesar 70kg, no máximo 65kg.
Acho que temos que tomar cuidado para não pirarmos com isso!
Beijos

Eu Preciso e Vou Emagrecer disse...

lindona uma noite maravilhosa a te viu Adoreiii a post bjs no ♥

Desfrute a Vida disse...

O importante é estarmos ao mesmo tempo com saúde e nos sentirmos bem..se estas duas coisas andarem juntas...tudo estará perfeito!!!!

Um bjão pra ti linda!!!

Jac ಌ disse...

Só tenho uma coisa a dizer:
Assino embaixo de tudo. Falou e disse, amiga.

BackK disse...

Bom dia meu amor! Como discordar de você... sabe que eu não valorizo a estética... saúde em primeiríssimo lugar... pra ter uma idéia do que é inversão de valores... lendo seu blog e vendo vc escrever sobre a idéia da sociedade de que magreza é saúde, me lembrei dos antigos, que diziam justamente o contrário.. que gordura é saúde.

Quantas vezes vc já te perguntaram se vc estava doente depois que começou a emagrecer? Essa pergunta vale pra todas as leitoras do blog... cuidado meninas, não ultrapassem seus limites, nem pra cima e nem pra baixo... sejam vcs... da maneira que se sentirem bem e saudáveis, por vcs.. e não pela sociedade!

Grande abaço a todas...


Te Amo FlahH do jeito que vc foi, é e será!

Joanna disse...

Ei!
concordo com vc..saúde em primeiro lugar... eu comecei minha dieta com nutricionista, exatamente por causa da saúde..precisava de um cardápio com menos proteínas por causa dos meus rins..aí aproveitei a brecha para chegar ao meu peso ideal!

no meu blog, tem um selinho pra vc!!!

bjos

εïз Dani εïз disse...

Sem dúvidaaaa...Pensar em 1° lugar na saúde, depois fazer o que te faz feliz, e sem sofrer no caminho!!

A verdade: "Não existe um caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho." Gandhi

Beijos, e uma linda semana! ;)

Grazy disse...

palmas, palmas e mais palmas....AMEI TEU POST GURIAAA....
Tenho 1,65 e 76 quilos tbm...Minha vida é ótima graças a Deus!!! A única dificuldade mesmo é encontrar roupas...Parece que elas sempre são feitas para um padrão...Fala sério!!!

Minha meta é 58 quilos, que foi o que o médico me recomendou. Porém, se eu chegar nos 65 ou 6o que seja, e me sentir bem, vou parar por aí e ser feliz, mais do que já sou...

Super bjus...Tenha uma linda quinta feira!!!

 

Copyright © ' BotecO de Mulher '. Template created by Volverene from Templates Block
WP by WP Themes Master | Price of Silver